Veneco

  • Suscribirse

  • Lo más reciente

  • AddThis

    Bookmark and Share
  • Calendario

    mayo 2005
    L M X J V S D
    « Mar   Jun »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Archivo

Archive for 11/05/05

Intercâmbio com esquerdistas do Brasil

Posted by Ricardo en 11 mayo 2005 22:39

A seguir, coloco um pequeno intercâmbio que tive na página do Circulo Bolivariano de São Paulo (é sério) com dois ‘camaradas’. Reparem especialmente na frase de um deles: “a pobreza em Cuba é artificial.” Vou atualizar o post caso a ‘conversa’ continue boa.

——————————–

[Vascaino] Site renovado, mas as mesmas idéias ultrapassadas de sempre. Ainda bem
que a opinião pública brasileira começa a chamar Chavez pelo que é, um
ditador. A reportagem de Veja é a prova mais concreta disto. Venham
para a Venezuela antes de escrever tanta bobagem.
07/05/2005 11:27

[Luciane][lualbano@…] Adorei este site, Para as pessoas esclarecidas da verdadeira revolução que está acontecendo na Venezuela, Argentina, Equador é em favor das classes menos favorecidas, contra o domínio norte americano… PEna que muitas pessoas no país não conseguem ter opinião própria ficando alienados a revistas manipuladoras no Brasil, tenho até pena destas pessoas, nossa missão é abrir a mente dos alienados para novos idéias.
Reformas já!
07/05/2005 22:38

[Vascaino] Luciane: Alienado é o cacete. Se você sabe ler, eu escrevi muito bem “venham para a Venezuela”, ou seja, eu MORO na Venezuela, e sei muito bem o que o fdp do Chavez está fazendo. Não preciso de comunas ultrapassados para me “esclarecer” sobre a “revolução bolivariana”, que de revolução não têm porra nenhuma. O convite segue em pé.
08/05/2005 11:08

[gu@rani.com.br][gu@rani.com.br]
alienado sim, meu caro Vascaino. eu já viajei várias vezes para caracas, e posso dizer: a classe média e classe alta torcem o nariz para o chavez. porém, você já viu aquelas favelas nas encostas dos morros, quando você vem do aeroporto para o centro ? ELES são os beneficiados pelo Chávez. ELES são quem sustentam os bacanas que têm dinheiro, com seu trabalho e tudo mais. e são ELES quem decidem quem é ou não o presidente do país, por que ELES são mais de 70% da população do país, e são excluídos por similares do PSDB, PP e PFL de lá. assim como lá, cá é igual… o ponto é, que, enquanto houver a meséria social, na qual estamos mergulhados, não estará bom para ninguém. e isso a veja não diz, por que não dá ibope, e a ética que se dane. viva
a liberdade de imprensa !! desde que esqueçamos a responsabilidade de imprensa !!! e se você não gosta da venezuela, tente você os EUA então. diz na TV que o povo é bem feliz lá.
09/05/2005 10:08

[Vascaino] Prezado Guarani: É uma pena que você não tenha escrito qual foi o motivo de suas vindas. Oxalá não tenham sido visitas guiadas por funcionários do governo, igual a como fazem com “ativistas” da esquerda mundial. Hospedam-nos em hotéis cinco estrelas, comem e bebem
do bom e do melhor e às tardes fazem visitas “espontâneas” às favelas com maior concentração de chavistas. Você infere que Chavez se importa com os pobres. Eu concordo, porque segundo números OFICIAIS, Chavez gosta tanto dos pobres que em mais de SEIS anos de governo eles
aumentaram 10%, ou seja, ele fez aumentar aqueles de quem mais gosta, não é mesmo? Enquanto isso, ele viaja pelo mundo todo num jato de $80 milhões, veste trajes de $6 mil e olha quantas horas são em Rolexes de $3 mil.
09/05/2005 12:21

[Vascaino] Veja bem: Há alguns anos eu era como vocês: botava a culpa de tudo nos gringos e demais potências mundiais. A propaganda comunista surtiu efeito em mim até que começei a ter acesso à internet. Por isso, é imperdoável que alguém, com os recursos de informação que dispomos hoje em dia, ainda acredite nessa besteira de comunismo e socialismo. Não funcionou em lugar nenhum ao longo da história e não vai funcionar. O único jeito de ter uma sociedade igualitária 100% é que esta seja feita de robôs. Enquanto houverem seres humanos sempre
haverá dissentimento, e não é um governo que conseguirá botar todo mundo pra pensar do mesmo jeito. Querer nivelar todo mundo por baixo, além de ser ridículo, é impossível.
09/05/2005 12:29

[AD] Meu caro Vascaino, não é um governo que mudará as coisas, somos nós, os seres humanos, para isso é necessário que mudamos nossas concepções, você fala que o socialismo não deu certo, e o capitalismo está dando certo? Se achar que sim vai morar no Iraque, ou até mesmo numa favela brasileira e tente sobreviver com um salário de fome. Saudações libertárias. AD
09/05/2005 13:53

[Vascaino] AD: Os governos são feitos por pessoas. Aliás, eu não escrevi em lugar nehum que devemos esperar que os governos nos levem a um standard de vida melhor. Aqui na Venezuela, é exatamente isso que Chavez quer, botar todo mundo pra viver da esmola do governo sem trabalhar. O capitalismo não é perfeito, mas é muito, mas muito melhor que o socialismo e o comunismo. Se você não acredita nisso, então venda imediatamente todas as coisas que você têm e distribua o dinheiro entre seus tios, primos e demais parentes. Entende?
09/05/2005 20:12

[Vascaino] E têm mais: a única coisa a agradecer a Chavez é ter criado o precedente do autoritarismo pelas urnas. Outros povos pensarão duas vezes antes de votar num golpista fracassado que acabou com o equilíbrio das instituições públicas em seu país. Acredito que Lula
não é igual a Chavez, mas mesmo que quisesse emulá-lo, bateria de frente com as instituições brasileiras, muito mais fortes que as venezuelanas. Diz uma coisa: Se FHC fosse presidente, você acreditaria num TSE presidido por Jose Serra?
09/05/2005 20:46

[guarani][gu@rani.com.br] Vascaino, os pobres com certeza aumentarão em todo e qualquer lugar
que resolva se livrar dos sanguessugas dos eua e europa. mas acredito que esse aumento seja temporário, assim como foi com cuba. concordo também que depois de tomada a decisão de ser independente, é preciso ter um plano, e, esse plano pode não sair perfeito, cito cuba novamente, embora, lá, vejo muito mais acertos do que erros. exclusão social existe bem mais em muitos países democráticos do que naquela ilha. e, deixemos claro que a maior parte do preço pago por quem quer ser livre, é imposto de forma bárbara pelas grandes potências. pois bem, eu conheço não só a Venezuela, mas conheço vários outros países da AL e posso dizer que quase todos estão pior do que nós. e, com tanto recurso natural, humano, etc… à nossa disposição, não há alternativa senão a sugerida pela revolução bolivariana, liderada pelo Chávez, que é a união de toda a AL, para podermos fazer páreo para os Cachorros Grandes. a questão aqui é política.
10/05/2005 09:39

[guarani][gu@rani.com.br] daí vão dizer, mas qual é a vantagem então de ser cuba ? continuemos colônia então… é o que querem que pensemos, por isso tanto embargo, tanta agressão e tanta calúnia, para que os que se aventuraram em se desgrudar, sejam um exempo de “como é ruim, viram?”. porém essa visão é bem simplista e precipitada. um país isolado realmente terá dificuldades, mas um continente, ainda mais como o nosso, daí a história será bem outra. e os cachorrões sabem disso, e, temendo competição, dão golpes de estado por aqui desde antanho. por isso, eu topo pagar um preço para não ser mais colono. hoje já boicoto o que
posso de produtos ingleses, norte-americanos e israelenses. e isso já não é muito fácil…. mas sei que se não o fizer, estarei financiando a opressão e até a minha própria restrição de liberdade e futuro, através dos royalties. e, tenho medo confesso de que se um PSDB, ou PFL ou PP se elejam em 2006, daí todo esse movimento de esquerda que está florescendo nesses últimos anos, morrerá.
10/05/2005 09:51

[Vascaino] Prezado Guarani: 1-Os cubanos não são livres coisa nenhuma. Fidel prometeu, em 9 de janeiro de 1959, eleições livres. Ainda estão esperando. 2-O aumento “temporário” da pobreza em Cuba já dura 40 anos. É ou não é pobre quem ganha $6.50 por mês? Não me venha com que eles têm saúde e educação de graça, pois quem realmente usufrui disto são os turistas da saúde que vão à ilha. 3-O tal “plano” têm algum deadline? 40 anos não foram suficientes? 4-Nem me fale do embargo. Cuba só não pode fazer negócios com os EUA, mas pode fazer com o resto do mundo, a começar pela Europa. 5-Você acredita mesmo que o caminho certo é o de Chavez? Todo o poder nas mãos de uma só pessoa? 6-Respondi ponto por ponto, então responda você também ponto por ponto. Posso postar este intercâmbio no meu blog?
10/05/2005 17:04

[AD] Caro Vascaino: Eu não distribuo meus bens entre meus parentes porque são poucos bens, mas topo me unir com eles para enfrentar as dificuldades, aliás é sempre assim que conseguimos superar todas as mazelas econômicas, pois sou mais um da periferia, eu sei bem o que significa o capitalismo, sinto na pele todo dia. Experimente enfrentar uma fila do SUS, ou ver tua avó sobreviver com miseros R$ 300,00, ou então chegar em casa e perceber que você não tem o dinheiro para comprar o remédio que tua mãe precisa, ou então ficar doente e mesmo assim ter de trabalhar senão a empresa que você trabalha te demite assim que acabar o atestado. O sistema capitalista é bom para áqueles que cursam faculdade paga pelo pai, tem computador em casa, têm carro pra passear, curtem férias na praia da moda, mas para nós que suamos todo o dia preocupados se vamos ter emprego amanhã, e vemos “nossos governantes” mentindo continuadamente, é outra história. O governo é feito por algumas pessoas, não por todas. AD
10/05/2005 17:48

[guarani][gu@rani.com.br] é o seguinte, eu não disse que cuba era um país rico. eu afirmei o
contrário, por duas grandes razões: 1) o país está sozinho, e só agora a venezuela está dando uma encostada. até os eua nesta condição seriam pobres. 2) o país mais poderoso do mundo, que detém mais de 1/3 da riqueza que existe no mundo, impõe, como disse, de forma bárbara,
bloqueios, sanções e ameaças diretas e indiretas a esse país. então é que nem um copo com água pela metade, se você quiser dizer que ele está meio cheio, estará certo, mas há quem diga que ele está meio vazio, estando certo também. com esta metáfora, eu quero dizer que cuba, APESAR destes dois ítens que citei, tem índices de qualidade de vida muito superiores aos de muitos países “livres”. então, 1) aqui no brasil tem eleições e o povo não sabe votar, por que a imprensa manda mais aqui até do que o poder executivo, vide a globo que pôs e tirou o collor. então essa de “prometer eleições”, muita calma, pois isso pode facilmente ser um tiro no pé.
11/05/2005 09:57

[guarani][gu@rani.com.br] …..2) como disse a pobreza em cuba é algo artificial, assim como a
pobreza no brasil também o é, e na venezuela também o é. a ÚNICA saída é criar um bloco INDEPENDENTE e amplo aqui na AL. se você acha que cuba é pobre, compare com o Haiti, República Dominicana, Guatemala, Bolívia e Perú, e me diga quem é mais pobre. é como eu disse, eu vejo mais pontos positivos do que negativos APESAR da brutal desvantagem imposta à força pelos EUA. 3) o plano tem deadline não amarrado no tempo, mas sim nas codições. um governante que seja responsável não abandonará sua causa ou mesmo seu povo, em nome do ideal, pra lá de vago, de liberdade. inclusive pelo que me consta, a maioria dos cubanos aprova seu governo, embora a mídia só mostre os descontentes. 4)isso que você falou sobre a restrição somente com os eua, não é verdade. cuba hoje tem comércio com rússia, china e venezuela. o
brasil, por exemplo, não pode ter relações comerciais com cuba, sob risco de sanções dos eua…..
11/05/2005 10:05

[guarani][gu@rani.com.br] …5) o caminho do chávez é dar poder ao povo. você deveria ver o
filme “la revolución no será televisionada”. ali sim, mostra que houve grande influência da população pra impedir o golpe norte americano. chávez fez com que toda a população tivesse (e lêsse) a constituição do país. chávez dá discernimento para se estabelecer o estado de direito para o povo, e isso é muito importante. aqui no brasil só não fazem isso por que não deixam. vi nesta segunda, no roda viva a entrevista com o presidente da embraer. foi “ventilado” ali que os eua estão impedindo a licitação dos caças para a nossa soberania aérea, desde final de FHC. isso serve como exemplo do preço que pagamos por sermos tão lenientes quanto à falta de soberania do nosso país. por mim pode publicar o que quiser no seu blog. o que AD escreveu merece
crédito, pois eu, apesar de não ser nada abastado, não pertenço ao grupo descrito por ele. mas eu sei que enquanto este grupo, que é a maioria aqui estiver mal, todos estaremos.
11/05/2005 10:14

[Vascaino] AD, então você propõe que o governo deve dar de graça tudo para todos? Isso é simplesmente impossível, mesmo que o governo quisesse. Até agora, no mundo, não existiu sequer um caso de sucesso de um governo presente em todos os aspectos da sociedade, e que tenha conseguido dar prosperidade para todos seus cidadãos. Acredite, a solução não é um
governo onipresente e totalitário, e sim EDUCAÇÃO. Eu não tive faculdade paga pelo meu pai, meu primeiro (e o segundo) carro foi pago com dinheiro do meu trabalho, ninguém deu de graça para mim. Até agora, no entanto, não pude comprar carro zero, mas sei que vou conseguir. Também não tenho apartamento próprio, mas sei que vou poder ter no futuro, graças ao capitalismo, porque se você é bom no que faz, sempre terá emprego, e uma vida melhor é simples questão de tempo e trabalho duro. Agora vou com o Guarani.
11/05/2005 12:16

[Vascaino] 1) E a “encostada” que a antiga URSS deu por mais de 30 anos? Quer dizer que depois de toda essa ajuda o regime cubano não foi capaz de sair pra frente sozinho, mesmo podendo fazer negócios com TODO MUNDO exceto com os EUA? Sei. 2) O que têm de errado alguém não querer fazer negócios com outra passoa? Quer dizer que eu posso te obrigar a
comprar ou vender alguma coisa de certo provedor ou para certo cliente? Cuba pôde fazer negócios com a Europa sempre, e mesmo assim os cubanos vivem na miséria, exceto aqueles altos membros do partido comunista da ilha. 3) Prefiro ser pobre e livre que ser um pobre
escravo que não pode reclamar. Diz uma coisa: Você gostaria de ir, digamos, a São Paulo, querer comemorar alguma coisa no melhor restaurante do melhor hotel da cidade, e que na porta alguém te diga que não pode entrar porque você é brasileiro?
11/05/2005 19:19

[Vascaino] 4) Pelo menos na questão da Globo a gente concorda, é uma vergonha. Por isso só assisto futebol, F1 e A Grande Família, e olha que é o único canal brasileiro que posso assistir por aqui. 5) O tal “filme” assisti sim, mas também assisti “As 20 mentiras de A Revolução não
será televisionada”, que mostra 20 falsas alegações e montagens feitas só para fazer de Chavez o mocinho do filme. Aqui na Venezuela nem os Chavistas acreditam nesse filme, de tão refutado que foi (http://www.rottentomatoes.com/vine/showthread.php?t=294081). É um filme propaganda, como os de Goebbels.
11/05/2005 19:20

[guarani][gu@rani.com.br] ricardo, se você acha que quem usa as técnicas nazistas de controle e persuasão de goebbles é o governo do chávez, então beleza, vai aí, só não espere eu concordar contigo. se você acha que cuba pode fazer comércio com todo mundo menos os eua, e, se você acha que não haveria problema algum em isolar um país, comercialmente, diplomaticamente e politicamente, vai aí, acredite mesmo. é como eu disse, cada um enxerga as coisas como achar que deva, e vivamos em paz assim. é que nem quando a nossa mídia aqui diz que o governo lula é igual ao do fhc. realmente em alguns pontos o é, mas na maioria deles não, enfim, cada um vê o que quer ver. acho que já expus o meu ponto de vista e você o seu, estou satisfeito.
12/05/2005 09:41

[Vascaino] Beleza, Guarani. Só espero que você, como eu, esteja disposto a ouvir os dois lados da história e tirar suas próprias conclusões baseado em fatos comprováveis e números em lugar de propaganda e retórica. Até no meu blog coloquei links para 3 das mais radicais e descaradas páginas chavistas (e duas delas se dizem ‘independentes’). Aposto que você não encontra links para páginas da oposição em páginas ‘deles’. Abraço.
12/05/2005 10:16

Anuncios

Posted in Uncategorized | Etiquetado: | Comentarios desactivados en Intercâmbio com esquerdistas do Brasil